Festival MAP – Mostra de Artes da Palavra regressa em Maio

Pela segunda vez em Oeiras, a palavra. Em todas as formas, desafiando limitações ou disciplinas, passeando-se em conversas, seduzindo em liberdade, proclamando acções e soluções, da utopia ao quotidiano. Pela segunda vez, entre os dias 4 e 8 de Maio, Oeiras acolhe o festival MAP – Mostra de Artes da Palavra.

Na sua essência, o MAP permanece igual: um festival pluridisciplinar e transversal que explora a palavra e a sua relação com outras disciplinas como tema central e força motriz de todo o evento. Mas muito graças ao bom acolhimento que granjeou na primeira edição, o MAP cresceu. Este ano contará com um país convidado, irmão de língua e humanidade: o Brasil. A imensa riqueza literária e linguística deste país será a fonte primeira de múltiplos acontecimentos – de exposições a espectáculos – que irão atravessar toda a duração desta edição do festival.

A palavra, quando nasce, é para ser partilhada. Mais uma vez o MAP irá apostar nessa passagem da palavra através de várias open calls que irão lembrar o carácter participativo e de comunidade que este festival aposta e defende.

A edição de 2022 do MAP traz outras novidades: a existência de curadorias entregues a escritores, poetas e artistas, a conferência “Onde podemos viver senão nos dias” e quatro masterclasses entregues pelo festival a nomes como Richard Zenith, Irene Flunser Pimentel, entre outros.

A edição deste ano do festival MAP – Mostra de Artes da Palavra voltará a unir-nos pela magia do que está no princípio e no fim de todas as coisas: a palavra.

OEIRAS27 – Um caminho Imparável