Workshops

Coisas que há que não há

Começa assim este poema de Manuel António Pina em “O Pássaro da Cabeça, e outros versos para crianças”. As palavras têm forma, têm sons e cores, e as palavras têm gestos. Há palavras bailarinas. As palavras multiplicam-se e dividem-se. As palavras reinventam-se. Há quem use palavras caras e há caras que anunciam palavras. Há quem cante palavras e há quem ouça palavras em melodias. A palavra é viva, é livre. E no fim de contas, a quem contas as palavras?

As oficinas “Coisas que há que não há” acompanham uma série de seis vídeo-viagens que exploraram estas ideias através de uma coleção de exercícios e brincadeiras em torno da palavra. Idealizado para crianças dos 7 aos 12 anos, nestes ateliers vamos nos juntar em ideias e organizar uma orquestra de palavras, pintar sons e descobrir poesia no acaso, construir um gerador de palavras e inventar significados, falar em silêncio e criar. Vamos inventar o que não existe, para que ninguém fique triste.

Duração: 18 horas (seis módulos de três horas cada)
Formadora: Inês Rosa Melo

Poetry Slam

O atelier de Poetry Slam tem como objetivos: desenvolver aptidões na escrita para performance; aprofundar técnicas de declamação de poesia em público; e estimular os formandos no campo da expressão estética, aliando dados técnicos, empíricos e de natureza especificamente literária.

Com esta rubrica pretende-se a divulgação deste género performativo. A ação culminará na realização de uma grande final aberta ao público.

Duração: 6 horas (dois módulos de três horas cada)
Formador: Li Alves, Nuno Piteira, Nuno Miguel Guedes

Contactos

Miguel Berger
miguel.berger@apalavra.pt / +351 915966350

Voltar à página inicial