Abertas candidaturas para Prémio Literário Edmundo Bettencourt

O Prémio Literário Edmundo Bettencourt foi criado pela Câmara Municipal do Funchal em 1996 e reactivado em 2021, após um interregno de 10 anos. Desde o seu regresso, o Prémio foi atribuído três obras: “Não se Entra Duas Vezes no Mesmo Rio”, de Davide Freitas (2021), “O Refúgio de Gibraltar” de Berta Almeida (2022) e “As desventurosas aventuras de Apollinaire, o gato filósofo” de Nicole Collet (2023).

Em 2024, o Prémio Literário Edmundo Bettencourt regressa com o propósito de fomentar o gosto pela criação de textos literários, incentivar a produção de originais da língua portuguesa e promover o nome de Edmundo Bettencourt.

As candidaturas estão abertas até ao dia 30 de Março e serão admitidos a concurso obras originais de escritores a partir dos 16 anos, com fluência em língua portuguesa. O Prémio Edmundo Bittencourt tem um valor de € 3.000 e o regulamento pode ser consultado aqui.