“Cidade Nua – Poemas para uma cidade imaginária” estreia este domingo

É já este domingo, a partir das 17h00, que o Capitólio recebe a estreia de Cidade Nua – Poemas para uma cidade imaginária, espectáculo criado por Alexandre Cortez e que acontece no âmbito das Festas de Natal da EGEAC. A entrada é livre, mas sujeita à lotação da sala.

É Natal. As cidades iluminam-se, envolvendo-nos numa aura nostálgica, colorida e calorosa. Esbate-se a cidade real, dando lugar à ideia de um mundo pacificado. Mas, numa altura em que o mundo atravessa grandes convulsões, a cidade está, também ela, a braços com novos desafios e em mudança.

Em Cidade Nua – Poemas para uma cidade imaginária, a Lisbon Poetry Orchestra abre caminho para uma cartografia imaginária das cidades do futuro, num espetáculo em que a matéria-prima é feita de música e poesia. À formação lisboeta juntam-se ainda os convidados Francisco Ramos (violino), Gospel CollectivePatrícia Relvas (voz), Tiago Rosas (violoncelo), Ustad Fazel Sapand (sitar e alaúde). Como pano de fundo estará a cenografia de Curt.eZ, criada propositadamente para este momento.

A entrada é gratuita, mas sujeita à lotação do espaço e mediante levantamento de bilhete no local, no dia do espectáculo, a partir das 15h30 (máximo 2 bilhetes por pessoa). A programação completa das Festas de Natal da EGEAC pode ser consultada neste link.