“Poema Mundi – 1000 Palavras para a Paz” é uma criação de Alexandre Cortez da Associação A Palavra com o apoio da EGEAC, que sobe ao palco do Cineteatro Capitólio no dia 10 de Dezembro, a partir das 21h30.

Este espectáculo poético-musical pretende ser uma comemoração da época natalícia e, ao mesmo tempo, uma forte invocação contra a guerra e a violência, assinalando a urgência de um mundo onde a liberdade e a fraternidade sejam dominantes.

Este grupo de músicos reúne duas formações: o colectivo Poetry Ensemble e o quarteto de cordas Naked Lunch, a quem se juntam as vozes de Xana (Rádio Macau), Mitó (A Naifa), Alice Neto de Sousa (Poeta), José Anjos e Paula Cortes (Lisbon Poetry Orchestra) e Patrícia Relvas (Lavoisier). Neste espetáculo intervêm ainda alguns músicos da Comunidade de Músicos Afegãos dirigidos por Rui Rebelo.

Os poemas são de António Gedeão, Ary dos Santos, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, David Mourão-Ferreira, Eugénio de Andrade, Jorge de Sena, José Manuel Mendes, José Tolentino Mendonça, Miguel Martins, Nadia Anjuman (Afeganistão, 1980-2005), Natália Correia, Pedro Tamen, Reinaldo Ferreira, Sophia de Mello Breyner Andressen, Vinicius de Moraes e Yvette Centeno.

A entrada para este espectáculo é livre, mas sujeita à lotação do espaço. Os bilhetes podem ser levantados no dia do espectáculo (limite de dois bilhetes por pessoa), no Capitólio, entre as 19h30 e as 21h30.