“A Oficina de Saramago” abre as suas portas na Biblioteca Nacional

Uma exposição bibliográfica e documental, que “examina e celebra o percurso de escrita” de José Saramago, é inaugurada esta segunda-feira (6 de Junho), na Biblioteca Nacional, em Lisboa, mostrando algumas peças pela primeira vez.

A mostra, intitulada A Oficina de Saramago, insere-se nas celebrações do centenário do nascimento do autor. Em comunicado, a Biblioteca Nacional explica ir ao encontro do pensamento do autor que, numa carta datada de 1960, escreveu ao escritor José Rodrigues Miguéis (1901-1980): “Não só o crítico gostará de conhecer os ‘móbeis’ e os bastidores da criação: parece-me até que o público será quem mais o apreciará, tão desacostumado está de meter o nariz na oficina do escritor”.

A exposição está organizada “em três grandes eixos, que dão a conhecer as várias bibliotecas relacionadas com o universo escritural de Saramago: aquela que antecede ou que alimenta a obra, a da obra em si e aquela que se lhe seguiu”. A Biblioteca Nacional destaca ainda que a mostra inclui “testemunhos materiais muito expressivos como atestação do que foi o referido trabalho do escritor”, e alguns deles estão a ser mostrados pela primeira vez.

A exposição, com curadoria dos investigadores Carlos Reis e Sara Grünhagen, e com pesquisa arquivística de Fátima Lopes, da Biblioteca Nacional, é inaugurada às 16h30.